case

Surreal 2018

O luxo sustentável

Uma experiência 360 graus de praia a 1.000 Km de distância do oceano mais próximo.

Até então, o evento de entretenimento de maior expressão no Centro-Oeste. Hoje com posicionamento nacional.

Entendimento
do Contexto

Realizamos reuniões de entendimento sobre até onde a alta gestão do evento estava disposta a chegar. O briefing foi simples e direto:

“Queremos ser referência em sustentabilidade!”

Realizamos estudo aprofundado sobre o contexto cultural dos produtores do evento com objetivo de elaborar uma Estratégia de Sustentabilidade, que incluiu:

A evolução do
Plano de Sustentabilidade

Com todo conhecimento obtido com a realização do Na Praia 2017, Carnaval no Parque e Festa Surreal ficamos prontos para dar um próximo passo em nosso Plano de Sustentabilidade para 2018. As referências anteriores serviram como base mas decidimos setar novamente um novo teto de qualidade e ambição positiva para a entrega dos eventos da produtora R2.

Tomamos como base novamente grandes referências internacionais como a Conferência Rio+20, Jogos Olímpicos de Verão e de Inverno nos últimos 30 anos, Copas do Mundo da FIFA, Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e artigos científicos.

Ao final chegamos em 22 temas a serem perseguidos e posicionados como Vanguarda. 

Temas Abordados

Foram definidas ações articuladas em 20 pilares:

Recursos Hídricos
Energia
Resíduos Sólidos
Poluição Sonora
Sistemas Construtivos
Gases de Efeito Estufa
Biodiversidade
Compras Sustentáveis
Comunicação
10 Transporte

11 Alimentos e Bebidas
12 Hospitalidade
13 Qualidade do Ar
14 Proteção do Solo
15 Acessibilidade
16 Comunidade
17 Legado
18 Democratização do Acesso
19 Bem estar no Trabalho
20 Cultura Local

Na Praia se tornou um evento maduro para incorporar a sustentabilidade no seu modelo de negócio, contagiando as pessoas a fim de se tornar referência em sustentabilidade no curto e no médio prazos

Resultados Alcançados

002-water-1

Recursos Hídricos

Instalamos de mais de 191 equipamentos economizadores como descargas e torneiras até 60% mais econômicas e sistema de reuso de água três vezes maior que da edição passada. A água das duchas é reutilizada para regar as plantas e a água das torneiras, para as descargas.

019-idea

Energia

Adicionamos mais biodiesel no combustível dos geradores e instalamos painéis solares em parceria com a Soliker para abastecer com energia limpa toda a iluminação da loja Use na Praia e Bar Corona.

004-trees

Biodiversidade

Investimos R$ 180 mil anuais para restaurar a orla da principal fonte de abastecimento de água da cidade, o Reservatório do Descoberto. Além disso, fizemos ações de limpeza da orla do Na Praia com mergulhadores profissionais para retirar mais de 1 tonelada de lixo somente em 2018.

006-think-green

Acessibilidade

Construímos o evento com no mínimo 90% dele acessível. Além disso, temos interprete de Libras no palco principal, receptivo especializado, cardápios em Braile, mapa tátil e fazemos questão de ter pessoas com deficiências variadas no nosso time.

024-global-warming

Alimentos e Bebidas

Incluímos no cardápio da nossa Vila Gastronômica opções veganas, sem glúten, sem lactose e low carb para atender quem tem restrições alimentares. Além disso, a parceria com a Qualifica neste ano busca garantir um alimentos seguro e de qualidade para o público.

010-world

Legado

Adotamos a quadra de areia da Vila Planalto, doamos toda a areia do evento para parques públicos do DF e reformaremos da área do evento antes da devolução ao domínio público.

013-recycle-bin

Resíduos Sólidos

Retiramos o último item não sustentável a que o público tinha a acesso no evento: os canudos plásticos descartáveis. Somos o primeiro uso em larga escala de canudos compostáveis, feitos de base de amido de vegetais e que viram adubo em 31 dias.

035-ecology

Comunidade

Queremos estender a experiência do Na Praia por toda a comunidade brasiliense. Por isso, a nossa parceria com o Projeto Mesa Brasil do SESC tem como objetivo arrecadar o máximo de alimentos não perecíveis para quem precisa.

Reconhecimento
Internacional

Primeiro evento de grande porte a certificar-se como Lixo Zero no Brasil;
Primeira colocação no concurso público promovido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Distrito Federal “Iniciativa Empresarial Sustentável”;

Interesse pela Zero Waste International Alliance, grupo que reúne os maiores especialistas em Lixo Zero do planeta, e da Organização das Nações Unidas – ONU.

Esses reconhecimentos solidificaram a presença do evento entre os mais inovadores e avançados do Brasil e do mundo.

A realização do Na Praia Brasília 2018 elevou mais uma vez as práticas sustentáveis em eventos não apenas no Centro Oeste, mas se tornou definitivamente uma referência para todo o Brasil.

Ficha Técnica

Vallen – Design em Sustentabilidade
Francisco Nilson Moreira Costa e 
Silva
Coordenador

Eduardo Azambuja Alves
R2 Produções  – Diretor de Sustentabilidade



Luís Silva

Produtor de Sustentabilidade

Filipy Andrade Gerente de Projetos
Kallel Kopp Gerente Executivo
Gabriel Rosa Supervisor Ambiental
Jonnathaz Delmondes Auxiliar Técnico
Thauany Pires Santos Auxiliar Técnico
Larissa Gomes Machado Auxiliar Técnico
Amanda Rangel Da Silva Auxiliar Técnico
Rafael De Araujo Mendes Auxiliar Técnico

Victor Hugo Rocha Designer de Serviços
Mariana Camardelli Designer para Inovação Social
Dener Machado Designer Gráfico

Tudo isso pode parecer muito caro para você.

Vamos marcar um café e a gente te explica como não precisa ser.